terça-feira, 19 de junho de 2018

Susto: Neymar sofre com dores e deixa treino da seleção mancando

Neymar deu um susto na seleção brasileira nesta terça-feira (19). O camisa 10 deixou o treino com dores no tornozelo direito e saiu da atividade mancando, acompanhado do fisioterapeuta Bruno Mazziotti e do médico Rodrigo Lasmar.  Ele ficou por alguns instantes nas macas localizadas próximo ao campo e na sequência deixou o local de treinamento, já sem chuteiras. As dores começaram assim que a bola bateu de mau jeito no pé do atacante, assim que ele foi tentar um domínio durante uma roda de bobinho. Neymar tentou interceptar com o pé direito um passe de Thiago Silva e, logo em seguida, começou a demonstrar muito incômodo. Neymar ainda tentou seguir na atividade, mas não conseguiu. Ao deixar a roda de bobinho, estava nitidamente irritado e chegou a chutar uma bola para longe, fazendo caretas.

De acordo com a assessoria de imprensa da seleção, a programação de Neymar para esta terça-feira já previa um período no campo e outro na fisioterapia para cuidados com o tornozelo direito. As dores iniciais, porém, fizeram com que a atividade com bola fosse abreviada.
Vale lembrar que o atleta do PSG deixou o estádio em Rostov, após o empate por 1 a 1 com a Suíça, no último domingo (17), mancando bastante. Na zona mista, disse que o problema era apenas fruto de pancada e que não preocupava. Em seguida, o médico Rodrigo Lasmar também veio a público para afirmar que nada de anormal havia sido detectado. Apesar disso, Neymar não participou das atividades com bola de segunda-feira, assim como Paulinho e Thiago Silva. Na ocasião, a comissão técnica também reiterou que não houve nenhum problema de ordem médica com o trio e que ele estaria à disposição do jogo de sexta-feira, contra a Costa Rica, às 9h (de Brasília).

Nesta terça, Neymar já cumpria uma rotina diferente dos demais ao lado de Thiago Silva, Paulinho, Willian, Thiago Silva e Philippe Coutinho. Eles fizeram uma roda de bobinho apenas entre eles. Tite, inclusive, participou da atividade por algum momento.

O camisa 10 operou o quinto metatarso do pé direito em março e voltou a jogar quase três meses depois, no amistoso contra a Croácia, em Liverpool, no início da preparação para a Copa do Mundo. (Uol)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.