sábado, 5 de maio de 2018

Mutuípe: Com Câmara Lotada SINDVALE e APLB realizaram Assembleia Geral para discutir demandas dos Servidores Públicos Municipais

Aconteceu nesta manhã de sexta-feira (04/05), no Plenário da Câmara de Vereadores da cidade de Mutuípe uma assembleia Geral com os Servidores Públicos do Município, com o intuito de discutir a atualização do Plano de Cargos e Salários, recolhimento do INSS e o Piso do magistério dos Professores. A assembleia foi convocada após as entidades representativas não conseguir um acordo com o Gestor Municipal na atualização dos Planos de valorização dos Servidores Públicos. Segundo o Gestor Rodrigo Maicon do MDB informou ao SINDVALE/BAHIA, que não será possível promover qualquer reajuste nos vencimentos dos Servidores Públicos Municipais de Mutuípe, segundo o Prefeito se fizesse tais reajustes estaria contrariando a Lei, bem como comprometeria a aprovação de suas contas e sua elegibilidade.
A representante da APLB a senhora Railda Souza, disse em entrevista que a luta é coletiva em busca de direitos garantidos por Lei. Disse também que o Prefeito informou que não vai pagar para não contrariar a Lei, mas que os servidores também tem buscado direitos garantidos em Lei uma Aprovada na Câmara e outra Lei Federal.

O Presidente do Sindvale o Senhor Arnaldo Silva em conversa com nossa redação disse que tem tratado o Prefeito de Mutuípe da mesma forma como tem tratado os Gestores dos 11 Municípios bases do SINDVALE/BAHIA. Disse que não usa o Sindvale para fazer Politica partidária, mas que seu intuito é fazer Politica de defesa de direitos. Arnaldo aproveitou a oportunidade para dizer que os servidores continuam se dirigindo ao INSS para solicitar seus CNIS (Extrato de vínculos e contribuições à Previdência) e que todos comprovam que o Município de Mutuípe não recolheu o INSS nos meses de Fevereiro e Março de 2018. Finalizando, disse que não atualizar o Plano de Cargos e Salários dos Servidores que inclusive foi construído com muita luta, é sem duvidas um grande retrocesso no Município.

Ao fim da Assembleia ficou decidido que durante a próxima semana os Sindicatos oficializarão o Gestor de Mutuípe para dialogar em busca de uma solução das demandas apresentadas, se não houver acordo as duas entidades irão Judicializar a prefeitura de Mutuípe. No dia 14/05 os Servidores irão usar a tribuna da Câmara e também paralisarão as atividades nos dias 14 e dia 15 de maio. Após a Assembleia os Servidores saíram da Câmara em caminhada nas principais ruas do Município com gritos de protestos pedindo que o Gestor atenda as demandas da Categoria. (Vale Mais Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.